Blog

03 / Março / 2016

LAJE PROTENDIDA

Curiosidades sobre construção - Laje Protendida - por Maurício Fedrizzi Caberlon

 


A protensão é uma técnica utilizada para controlar as deformações nas lajes e vigas, permitindo assim vãos maiores. São várias as vantagens de se utilizar a laje protendida, entre elas estão:

- A possibilidade de fazer vãos maiores, chegando a 15m sem a presença de vigas; 

- A retirada das formas logo após a protensão, quando em uma estrutura convencional são necessários de 14 a 28 dias;

- A eliminação das vigas facilita a montagem das formas reduzindo o tempo de obra significativamente;

- Os grandes vãos sem pilares ou vigas dão maior flexibilidade para a utilização do ambiente.

 

Histórico:

O uso do concreto começou em 1824 com a criação do cimento como conhecemos hoje. Em meados do século 19, a possibilidade de reforçar o concreto com barras de aço se popularizou, nascendo aí o concreto armado.

No final do século 19 começaram as primeiras tentativas de pré-tencionar o concreto, mas foi apenas em 1928 que o francês Freyssinet dominou o processo permitindo o uso nas obras. O sistema por possuir peças muito grandes não era viável para edificações, sendo utilizado especialmente em pontes.

A primeira obra no brasil foi a ponte do Galeão, no Rio de Janeiro, utilizando o sistema desenvolvido por Freyssinet, em 1948.

A evolução do sistema permitiu, por volta de 1960, a utilização da protensão nas edificações, quando, no s EUA, surgiu o conceito de cordoalha engraxada. No brasil se difundiu em 1997 quando começou a produção nacional de cordoalha engraxada. Hoje o assunto é dominado por várias empresas e profissionais da construção civil brasileira.

 

O que é protensão:

A origem da palavra “protensão” vem de “pré-tensão”, ou seja, aplicar um estado prévio (inicial) de tensões em um elemento da estrutura.

Ela consiste na substituição de parte do aço convencional da laje por cabos de aço chamados de cordoalhas. Essas cordoalhas são tracionadas por um macaco hidráulico, onde cada cabo recebe uma carga de 15 toneladas. Essa tração nos cabos equilibra as cargas da estrutura, permitindo um uso mais eficiente do concreto.

Nas edificações a protensão é feita, usualmente, com cordoalhas engraxadas, que nada mais são que cabos de aço envoltos por uma capa plástica. Essa capa plástica não deixa o concreto aderir nos cabos permitindo assim a aplicação da carga após a concretagem da laje.

O processo de execução é muito simples, monta-se a forma e a armadura convencional da mesma forma que nas lajes convencionais. Depois é feita a montagem dos cabos, onde cada cabo obedece rigorosamente um posicionamento definido pelo projeto estrutural. Após a conferencia dos cabos é feita a concretagem das lajes e de 03 a 05 dias após a concretagem é aplicada a carga em cada cabo individualmente.

Deixe seu comentário

*campos obrigatórios

Postar
Rodrigo postado em 09 de Abril de 2016

Parabéns pelo artigo, bem completo e objetivo no que diz respeito a laje protendida

www.protensaosistrel.com.br
Rodrigo postado em 09 de Abril de 2016

Parabéns pelo artigo, bem completo e objetivo no que diz respeito a laje protendida

www.protensaosistrel.com.br
Rua Francisco Barcarollo, 92 - Sala B, Bairro Kayser
Caxias do Sul • RS
54 3027.4000 www.intervene.com.br